sábado, 5 de agosto de 2017

TEMA ATUAL PARA PRATICAR!

PROPOSTA de Redação: Homofobia em questão no Brasil

DANIEL MACHADO SETEMBRO 16, 2015.

A partir da leitura dos textos motivadores seguintes e com base nos conhecimentos construídos ao longo de sua formação, redija um texto dissertativo-argumentativo na modalidade escrita formal da língua portuguesa sobre o tema: Homofobia em questão no Brasil. Apresente proposta de intervenção que respeite os direitos humanos. Selecione, organize e relacione, de forma coerente e coesa, argumentos e fatos para defesa de seu ponto de vista.

TEXTO I

(Disponível em: http://www.viomundo.com.br/voce-escreve/o-mapa-da-homofobia-no-mundo.html Acesso em 19 jun. 2015)

TEXTO II
A homofobia, que ainda não é considerada crime no país, provocou pelo menos 216 assassinatos de janeiro até o dia 21 de setembro deste ano, de acordo com o levantamento do Grupo Gay da Bahia, que, na ausência de informações oficiais sobre uma prática que não é discriminada nos boletins de ocorrência, é referência sobre o tema no país.
Segundo o grupo, em 2013, o número de assassinatos chegou a pelo menos 312 — o que corresponde a uma morte a cada 28 horas. (Disponível em: http://oglobo.globo.com/brasil/no-brasil-homofobia-matou-ao-menos-216-em-2014-14087682 Acesso em 19 jun. 2015)

TEXTO III


(Disponível em: http://fotografia.folha.uol.com.br/galerias/28476-charges-setembro-2014#foto-437530 Acesso em: 19 jun. 2015)

TEXTO IV
Mais da metade dos 513 deputados que assumem a Câmara a partir deste domingo (1º) é favorável a transformar em crime a prática da homofobia (discriminação contra homossexuais). Levantamento do G1 indica que 261 (50,8%) apoiam a punição a quem praticar ato discriminatório; 136 (26,5%) são contra; e outros 116 (22,6%) não responderam.
A criminalização da homofobia causou polêmica na disputa presidencial no ano passado. Em agosto, um dia após divulgar seu programa de governo, a então candidata a presidente pelo PSB, Marina Silva, retirou o trecho que defendia um projeto em tramitação no Congresso que criminaliza a homofobia.

À época, a assessoria da campanha de Marina informou em nota que o texto inicialmente divulgado não retratava “com fidelidade os resultados do processo de discussão sobre o tema durante as etapas de formulação do plano de governo”. (Disponível em: http://g1.globo.com/politica/noticia/2015/01/mais-da-metade-dos-deputados-apoia-criminalizar-homofobia.html Acesso em: 19 jun. 2015)

Um comentário:

  1. Professor , fiz uma redação para PmBahia. Poderia escrevê-la aqui para o senhor analisar?
    A banca foi IBFC
    40 conteúdo
    60 estrutura

    ResponderExcluir